31 de dez de 2010

Meme das antigas - E 2011...

Já adiantei isso em outro post, não deveria ficar pensando muito nisso já que quanto maior a expectativa, maior a frustação. Mas já que não dá evitar, eu vou pelo menos tentar me concentrar no mais importante: organização!

Quem sabe me organizando mais eu consigo ter tempo e tranquilidade pra pensar nas outras coisas?




P.S: Ah, e espero ver pessoas aqui em 2011!

30 de dez de 2010

Meme das antigas - Uma foto minha em 2010

Não estou com ela aqui agora. Amanhã atualizo.




P.S.: Só fiz questão de escrever pra poder colocar o meme em dia! Esse é o único post que escrevi na data certa, e na verdade eu nem postei direito. Mas não me importo, estou considerando que válido. 

Meme das antigas - O bom de 2010 foi...

Esse foi um bom ano, consegui coisas que buscava há anos, realizei sonhos, amadureci, percebi que eu também consigo, descobri novas coisas sobre mim, encarei coisas que sempre soube mas não queria encarar, percebi que um pouco de equilíbrio é possível sim.

Ao mesmo tempo trabalhei muito mais do que seria saudável, corri tanto, não vi o tempo passar, me senti cansada quase o tempo todo, me irritei muito, me estressei mais ainda, deixei coisas importantes passarem, não cuidei de mim como deveria.

Mas eu andei pensando em várias coisas nas últimas semanas e percebi que toda a parte ruim foi boa. Eu precisava acordar pra algumas coisas, me tornar mais consciente do que eu fazer, pra onde ir. E esse ano me pareceu um começo disso, então o que vem por aí - 2011 - vai ser mais uma continuação do que um novo recomeço.

Ah, chega, cansei. Ando falando demais.

Meme das antigas - O problema de 2010 foi...

Resumindo? Muito trabalho, pouco tempo e nenhuma organização.

Meme das antigas - Meu momento "Carla Perez" em 2010 foi...

Meus momentos Sheldon Cooper eu tento lembrar mas aqueles de Carrrlinha eu acabo arquivando num local da mente que nunca me lembro onde fica exatamente. Uma pena, next.

Meme das antigas - Meu momento "Paola Bracho" em 2010 foi...

A verdade é que eu nem sabia quem era "Paola Bracho", tive que ir pesquisar e posso dizer que tive um momento ou outro que poderia dar uma risada como a dela esse ano:

29 de dez de 2010

Meme das antigas - Meu momento "Heleninha Roitman" em 2010 foi...

Adicionem:
- Festa de abertura da Mostra de Cinema de São Paulo
- Prosecco a vontade
- Música chata

Resultado: Eu batendo no balcão de 5 em 5 minutos pedindo pro barman encher minha tacinha de novo pra eu beber enquanto dava pulinhos animados achando que estava dançando. 

Meme das antigas - Meu momento "Eu sou Ryka" em 2010 foi...

Todas as vezes que eu pensava "ah, eu mereço" e decidia pegar um táxi ao invés de usar ônibus/trem/metro/pé. O problema foi a quantidade de vezes que eu me senti merecedora desse pequeno luxo.

Agora ao final de 2010 só me restou uma dívida tão absurda, mas tão absurda que provavelmente vou passar o ano todo de 2011 pagando. E olha que eu não estou exagerando, mesmo.

Meme das antigas - E o troféu me mata de orgulho em 2010 vai para...

Pra mim, pro Mauricio e o nosso namoro que em menos de uma semana vai completar 5 anos. 

Nesse tempo que estamos juntos já passamos por muitas coisas mas eu senti que o que aprendemos e amadurecemos esse ano foi diferente, especial. É ótimo olhar pra gente e ver que mesmo duas pessoas tão perdidas como nós conseguiram encontrar seu caminho, e que alegria saber que vamos continuar andando - um do lado do outro - por um bom tempo ainda. 

Meme das antigas - E o troféu vergonha alheia em 2010 vai para...

Vergonha alheia nesse mundo é o que não falta. Mas já que é pra escolher uma, vai ser algo que estive envolvida, o que na escala da vergonha alheia sempre acumula uns 200 pontos de vergonha cada vez que nos sentimos mais ligados à situação!





P.S: Opa, me lembrei que esse post também pode ser dedicado pra pessoa que inspirou o post abaixo. Beijão pra você!

Meme das antigas - Em 2010 eu quis matar...

Eu não costumo colecionar desafetos. Até por ser boba demais costumo deixar tudo passar. Não costumo guardar rancor e acredito MUITO que as pessoas não fazem as coisas por maldade, então sempre tento entender e mesmo quando me irrito daqui a pouco esqueço e a coisa volta ao normal pra mim.

Agora santo ninguém é, e provavelmente (tá vendo como não lembro) todo ano devo ter aquela pessoa que me tira do sério. Esse ano, pelo menos, teve com certeza! A pessoa passou de todos os limites e só de pensar na voz da criatura meu ânimo já desaparecia.

Não vou falar quem é. Mas em 2011 eu vou dar um jeito de evitar as aproximações turbulentas.

Meme das antigas - Em 2010 eu descobri que...

Por mais feliz que eu esteja com o andamento da minha vidinha profissional (atualize-se aqui) eu preciso prestar mais atenção em mim. 

Eu sempre trabalhei muito, mesmo nos empregos que odiava (eu sei, eu sei, idiota), mas nesse final de ano ando pensando muito na vida, nas escolhas que fiz, o rumo que estou dando pra minha vida e quem eu quero ser. E descobri que eu preciso mudar algumas coisas.

Eu tenho que fazer coisas que não estão relacionadas ao trabalho, eu quero que ler mais livros, assistir mais filmes, viajar mais, descansar mais, cuidar daqueles que eu amo, enfim, eu quero viver melhor. Eu quero ser leve, não estou falando não para o trabalho, a correria e as responsabilidades, mas a vida precisa ser maior que isso. 

Sei que vai ser muito difícil e cansativo já que trabalhar é meu esconderijo dos problemas, algo tão conhecido e confortável. Mas não quero mais, vamos ver onde isso vai dar...  

28 de dez de 2010

Meme das antigas - Em 2010 eu quase...

Fiquei amiga do Coppola. Mas a timidez apareceu de repente e eu precisei fazer sala pra ela.

Meme das antigas - Em 2010 eu tive inveja de...

Não vou responder esse tópico de jeito nenhum. Eu sei que no fundo é inveja mas o sentimento de raiva e tristeza é muito maior. Nem quero pensar nisso, por favor. Obrigada.

Meme das antigas - Em 2010 eu consegui...

Algo pelo qual esperei desde pequena. Não, não vou falar do show do Paul de novo, acho que já ficou bem claro que esse foi o momento mais especial do ano (pra não dizer vida e desconfigurar o objetivo desses posts).

Mas voltando ao assunto, consegui realizar uma outra coisa que sempre foi muito importante pra mim desde sempre: arrumar um emprego!

Infelizmente eu não fiquei curtindo a vida por 27 anos e esse não é meu primeiro emprego, ou seja, a grande novidade não foi trabalhar, mas finalmente conseguir trabalhar sem pensar em me matar antes de terminar o período de experiência.

Desde a 4° série, e todo mundo que me conhece sabe dessa história, eu já pensava em vestibular e a carreira que devia seguir. Isso sempre foi uma obsessão, com pilhas de Guias do Estudante e suplementos Fovest  acumulando nos armários da minha casa, minha grande preocupação sempre foi qual caminho eu deveria seguir pra me tornar uma profissional de sucesso.

E, claro, depois que você faz tudo que você acha que é o certo e nada acontece não tem como não se perguntar "o que eu fiz de errado?". Essa pergunta, a frustração e o sentimento de desespero por achar que nada iria mudar me acompanharam por muito tempo.

Eu tentei "olhar o lado bom", tentei me envolver e gostar de outras coisas, tentei desistir e não ligar pra mais nada. Mas isso continuava sendo uma coisa muito importante e parece que foi só quando eu admiti isso pra mim é que as coisas mudaram!

Lá pelo dia 15 de janeiro, prestes a deixar uma empresa na qual não suportava mais trabalhar, recebi uma ligação falando que tinha conseguido uma vaga, diferente das tantas outras vezes que ouvi isso, dessa vez era uma vaga que eu queria mesmo. Foi um sentimento muito bom.

Hoje estou numa empresa pequena, que fica mega longe da minha casa, trabalho como uma louca retardada, o salário é pequeno e as pessoas complicadas. Mas eu gosto, fazer o que?

Não vou ficar lá pra sempre - espero! - mas no final de 2011 vou poder dizer que pela primeira vez completei 1 ano de trabalho em algo que eu gosto de verdade.


26 de dez de 2010

Meme das antigas - Em 2010 eu tentei...

Abraçar o mundo.
I tried really hard, mas aparentemente não é possível.

Meme das antigas - Em 2010 eu pensei em fugir para...

Nesse ano eu trabalhei tanto e fiquei tão cansada que só desejei fugir pra minha casa, deitar no sofá e assistir programas idiotas até pegar no sono - o que não iria demorar.

Meme das antigas - Em 2010 eu pela primeira vez...

Como boa paulista que sou sempre mantive o hábito de me divertir horrores falando mal do Rio de Janeiro e, claro, dos cariocas. Fato é que nunca tinha ido ao Rio até setembro desse ano quando precisei viajar a trabalho.

E foi só chegar na cidade maravilhosa pra constatar que ... ela é realmente maravilhosa. Deu até raiva, mas não consegui controlar uma paixão instantânea. Não sei dizer se foram aquelas ruazinhas arborizadas com seus predinhos da década de 70 um atrás do outro ou aquele clima de vida tranquila que eu não vivenciei em momento algum de 2010, mas minha vontade era ligar pro Mauricio e falar "Vem pra cá por que vamos morar aqui!". 

Minha sensação naquele momento foi que ali eu conseguiria viver a vida ideal: eu acordaria de manhã no meu apartamento antigo mais-lindo-do-mundo* e iria caminhar até uma padaria próxima pra tomar um delicioso café antes de seguir para o trabalho. Correria como sempre durante o dia, mas a noitinha eu iria embora e poderia andar um pouco pela praia e me distrair. Eu sentaria num banquinho ou na areia mesmo e ia olhar para as pessoas e meu pensamento iria pra longe. E mais tarde eu chegaria em casa mais leve e tranquila. 

Ok, as coisas não seriam assim, eu sei. Mas, me pareceu mais possível lá do que aqui. 

Sim, já me avisaram que eu só conheci a parte bonita. (E pra viver lá teria que conviver com os cariocas...)
Mas se eu não excluísse a parte não chata não seria uma fantasia, não é?



* sou louca por prédios da década de 70, coisa mais lindo do mundo. Sempre.

25 de dez de 2010

Meme das antigas - Meu melhor dia de 2010

Sorry, mas a resposta não pode ser diferente:
melhor dia ever!

Meme das antigas - Meu pior dia de 2010

Na equação,

a( b x c)³ + d = y

Considerando, 
a = alto nível de estresse
b = pensamentos negativos 
c = semanas e mais semanas
d = interrupção bruta na medicação habitual

O resultado "y" não poderia ser diferente de "surto psicótico".
E não, não estou exagerando.

23 de dez de 2010

Meme das antigas - Minha compra de 2010

Eu poderia encaixar essa resposta em praticamente todos os tópicos sem ter que me esforçar pra isso, mas desse em especial não tem como fugir, compra alguma ia conseguir superar esses dois bonitinhos aqui:


E Deus é testemunha (/scarlett-o´hara-feeling) que eu nunca passei tanto desespero como naquelas horas da madrugada sentada em frente ao micro esperando a merda do site confirmar a compra.

21 de dez de 2010

Meme das antigas - Minha música favorita de 2010

Música responsável por me despertar nas manhas sonolentas me fazendo dançar no meio da rua sem ligar para os olhares alheios:

 

Por favor, se for ouvir, que seja alto. 

20 de dez de 2010

Meme das antigas - Meu show preferido de 2010

Meu Beatle-Diário. 
Primeiro texto em fevereiro de 96.

O álbum de recortes. 

 Renata McCartney e a 
troca de correspondência com seus beatle-amigos.

Treinando com a esquerda.

"Magical Mistery Tours" nas páginas de um 
diário adolescente.
O momento que eu esperei minha vida toda:

"I can´t tell you how I fell..."

Meme das antigas - Meu lugar preferido em 2010

O quarto dele é bem pequeno, mas cabe direitinho o meu colchão.
(Que pelo menos é meu aos finais de semana).
E nesse meu colchão - de solteiro - eu deito e espero por ele. Que vem, deita, me abraça.
E ali com a cabeça no peito dele, vendo qualquer bobagem na tv, eu consigo me sentir tão segura. 
É, não tem como, meu lugar preferido.

18 de dez de 2010

Meme das antigas - Meu parceiro de 2010

Eu prefiro o Paul,
você o John.
Eu gosto de pensar no amanhã,
você no hoje.
Eu prefiro salgado,
você doce.
Eu adoro dramas,
você comédia.
Eu quero ver Project Runway,
você Top Chef.
Eu adoro o mundo que você me mostra,
e eu sei que você adora o meu.

Ter você ao meu lado nos últimos 5 anos foi a melhor coisa do mundo.

"Love is you, You and me"

"You right me when I´m wrong"

14 de dez de 2010

Meme das antigas - Meu livro preferido em 2010

Eu não sou um exemplo de leitora. E isso não é algo do qual me orgulho, pra deixar registrado.

Normalmente o que acontece é que eu fico com vontade de ler alguma coisa, aí pego um livro pra ler, devoro e não quero parar, mas começo outro meio chato e vou leeeendo. Aí já viu, abandono e só depois de 6 meses vai me dar faniquito de ler de novo.

Esse ano eu comecei ler a biografia do Howard Hughes, quem me indicou contou um pouco da história dele - que eu não sabia nada - que me pareceu muito legal. E até é bem interessante, mas o autor fica romanceando o livro, aí quando eu leio coisas como "Então Hughes sentiu seu coração bater mais forte" ou "nunca achou que poderia se enganar daquele jeito", eu fico muito irritada. Não com essas frases em si, até pq eu as inventei, não lembro se tem exatamente isso no livro, mas o que tem é o autor descrevendo sensações e sentimentos que ele não tem como saber se aconteceram mesmo. Toda vez que lia alguma coisa desse tipo me desligava da história e ficava com raiva. Claro que abandonei.

Aí se passaram alguns meses, a vontade voltou, eu passei por uma banca qualquer e decidi levar alguma coisa do meu amor pra casa. Como qualquer outro livro do Bukowski, terminei "Hollywood" num minuto e resolvi tomar vergonha na cara e começar a ler mais já que é algo que me deixa tão bem. (Eu não sei porque teimo em não fazer coisas que eu sei que me deixam feliz, enfim).


Acabei lendo livros ótimos, mas nada foi como a experiência de ler "A insustentável leveza do ser" do Milan Kundera. É maravilhoso a forma como ele consegue criar uma história tão emocionante pra falar de conceitos, idéias e pensamentos.

A forma como cada personagens vê e sente os mesmos acontecimentos de maneira diferente, e o jeito que eles entendem o mundo, e a vontade versus a realidade, e o passado de cada um, e a leveza, e o peso...

Teresa, Tomás, Sabina, Franz e, claro, Karenin estão num espaço muito especial do meu coração.

E o Milan Kundera também.

13 de dez de 2010

Meme das antigas - Um vídeo do You Tube em 2010

Tantas coisas divertidas, mas como uma beatlemaniaca nerd poderia escolher algo diferente disso:

Meme das antigas - Meu site/blog preferido em 2010

Leio uma coisa aqui, outra ali, mas não posso dizer que tenho um site prefeeeerido.

Se fosse ano passado, provavelmente seria o Hoje vou assim, ainda entro sempre e acompanho os posts, mas já não é a mesma coisa. Acho que até me divirto mais com o Hoje vou assim off, a Ana parece ser tão simpática, e ainda dá pra ver o que ela usa e pensar em comprar, coisa impossível com as roupas da Cris.

Ainda tem o TDUD?, que também já me animou mais, mas dependendo do post ainda me faz rir bastante.

E tem a Ana, com o DDA Descontrol, que pra mim, por mais fantasioso que possa ser, parece ser um canal pra observar de longe se está tudo sobre controle e, se for o caso, correr lá pra acudir.

E, quase sempre, é através da Ana, seja blog, twitter ou qualquer outra coisa, que eu encontro tanta coisa legal. E provavelmente essas descobertas vão me levar a um texto melhor elaborado no final do ano que vem.

Meme das antigas - Meu filme preferido em 2010

Esse ano voltei a anotar todos os filmes que assisti. Por uma série de motivos é ótimo fazer isso, pra começar tem o fator memória que se eu não tivesse essas anotações certeza que só ia lembrar os filmes que vi na última semana. Minha memória anda um fracasso. Além disso, posso me controlar, ver que vi poucos filmes, que assisti mais lançamentos do que filmes clássicos, ou qualquer coisa do gênero. Verdade seja dita, não é preciso ter motivo pra fazer uma lista como essa, é ótimo e pronto.

Depois de falar tanto das maravilhas de se anotar os filmes vistos durante o ano, afirmo que se não tivesse os números não passaria a vergonha de falar que vi pouquíssimos filmes esse ano, sad but true. Serve de lição pra 2011. Até hoje vi 64 filmes, deveria ser 65 já que eu precisava assistir um filme agora a noite pra uma reunião amanhã cedo, mas o sono e dor de cabeça vão impedir que eu faça mais uma anotação. 

Desses 64 posso dizer que vi coisa bem sem graça, outros bons e poucos que realmente vão continuar bem marcados na memória. Inclusive, os dois melhores que vi esse ano não são filmes novos: "O escafandro e a borboleta" do Julian Schnabel é de 2007 e "Era uma vez na América" do Sergio Leone, de 84.

Comprem, aluguem, baixem, mas assistam: 

Mathieu Almaric, minha nova paixão! 

Jennifer Connelly destruidora de corações



Meme das antigas - 2010 ainda não acabou, vou tentar...

1° - Escrever
2° - Me organizar melhor no trabalho

Coisas que eu quero muito e o mais legal é que, olha eu aqui, não sei até quando vai, mas comecei escrever, esse tem que ser o primeiro passo, não é? 

E me organizar no trabalho comecei até antes, já tem uns dias que estou me esforçando pra mudar o rumo de algumas coisas. Me organizar mesmo. 

Agora o mais legal: no começo do mês lembrei da Susan Miller - por conta do tweet de alguém que eu nem sigo e tals - e resolvi ir lá ver o que ela tinha pra me dizer. Entra várias coisas (como o fato de que posso ficar noiva no próximo dia 21) mais difíceis de acreditar, ela disse que até dia 15/12 eu deveria rever algumas coisas, hábitos ruins e até pessoas que queria mudar pra 2011, porque a partir de 04/01 as coisas seriam diferentes e, inclusive, desde já eu podia ir me preparando. 

Pensei em algo que queria muito começar a fazer (escrever, escrever, escrever), fiquei animada é claro, e ok, os dias estão passando. E não é que a situação se desenrolou, coisas aconteceram e me fizeram pensar "é agora ou é agora". E agora olhando, naturalmente eu já comecei algumas mudanças. Olha eu aqui escrevendo.

Que Saturno em transição com Marte na casa de Capricórnio me mantenha assim em 2011.

 

Meme das antigas - Peraí ... 2010 tá acabando?

Eu tenho 12 textos pra colocar "em dia", já que existe um tema por dia e hoje já é dia 13/12. Mas, chata como sou, se for pra fazer pela metade aí é que nem faço... Então a coisa é ir do começo mesmo.

Sim, 2010 está acabando. E eu sou daquelas ridículas que comenta "nossa, mas o ano passou tão rápido, né?". E sobre essa afirmação tenho apenas duas coisas pra dizer:
1° - eu sou dessas que dou trela para semi-desconhecidos e conhecidos que começam um papinho "nada" sempre com frases ridículas. E eu me divirto horrores quando respondo frases feitas como "mas tudo na vida tem um sentido",  "vale como aprendizado" ou "mas Deus sabe o que faz". Hahaha. Adoro.
2° - esse ano passou voando! Mas passou mesmo. Hahahah. Sério.

Meme das antigas

Sabe uma coisa que eu acho muito legal? Pessoas que não tem vergonha de dar sua opinião. E isso é coisa que vem desde pequeno: você tá lá na 4° série e a professora pergunta pra classe toda "Quanto é 6x6?", aquele silêncio reina, você, na sua cabeça pensa "é 36", mas não tem coragem de falar, aí uma pessoa qualquer (não o cdf da turma, esse é outro tipo), vira e fala "30", aí a professora corrige e fala o certo e você pensa "eu sabia!". Ou, seu coleguinha até responde certo, ainda assim você pensa "eu sabia!", porque você sabia. E sabia antes, mas a coragem pra falar em voz alta não apareceu. E não vai aparecer nunca, você até fala, mas num tom tão baixo que apenas cachorros seriam capazes de ouvir. E você cresce assim, e passa da 4° para a 8°, para o colégio, a faculdade e continua respondendo tudo rapidamente dentro da sua cabeça. E admira (excluindo os estúpidos) aqueles que tem coragem de se arriscar e mostrar sua opinião. 

Fim. (Para a maioria, mas se você, como eu, é um pouco mais desajustado sabe que a coisa não termina por aí).

Quando você não tem mais compromissos acadêmicos tão freqüentes, ambiente perfeito para bloqueios desse gênero, você precisa dar um passo além, é então que começa a ficar vermelha com mais frequência quando percebe que outras pessoas estão prestando muita atenção no que você fala, não suporta ter que fazer novos contatos profissionais e ... não tem coragem de deixar comentários nos blogs que costuma ler.  

Pois bem, tudo isso pra introduzir que eu sou leitora da Ana, no DDA Descontrol. Sempre fui em todos os blogs que ela já teve, mas agora é muito divertido porque ela tem vários outros amigos com blogs ótimos, e cada dia eu acabo descobrindo um novo. E daí que agora em dezembro ela começou uma série de posts como retrospectiva de 2010. É o "Meme das antigas", idéia do Max Reinert, aqui no blog dele. A idéia e os posts da Ana (e de outros que também estão participando) são tão divertidos que me deram muita vontade de dividir os meus "favoritos". Dividir, dividir, eu não vou, já que ninguém sabe desse espaço aqui ainda. Mas, já é um bom começo.





Minha vocação torta

Uma coisa que constatei já faz um tempo é que adoro pessoas. Ironicamente, nos últimos anos venho me tornando cada vez mais anti-social, não que isso me incomode. 

Falando assim pode parecer contraditório, mas não é, eu explico: minha animação não é interagir com as pessoas, eu não quero sair por aí pra conhecer gente nova e expandir meu círculo de amizades, o que me interessa são as histórias, saber o que fulano pensa e como age e principalmente saber as coisas pelo que passou pra ser essa pessoa de hoje? Quero essas respostas. 

Como sempre, no final tudo que eu quero é poder analisar alguma coisa, e obviamente, não tem nada mais interessante pra se analisar do que pessoas e sua infinita capacidade de deixar tudo tão complexo e simples ao mesmo tempo. 

Eu poderia até ser uma boa psicóloga, se eu tivesse algum resquício de estrutura emocional que me permitisse conhecer a fundo os diversos tipos de problemas psicológicos e não me enquadrar em todos eles.

Here we go again

Não me aguento. Sempre tentando voltar sendo que não existe volta já que nunca existiu nada concreto. Melhor encarar como um começo. Quem sabe.